Os cães de pastoreio demonstram coragem, inteligência e combatividade. Além disso, são fortes, velozes, e particularmente resistentes às grandBem-vindo ao Canil Monte Kairós. A origem do cão Pastor Alemão Os cães de pastoreio demonstram coragem, inteligência e combatividade. Além disso, são fortes, velozes, e particularmente resistentes às grandes caminhadas e à intempérie. O Pastor Alemão é o mais conhecido cão pastor. É utilizado hoje em dia, principalmente como guarda e protetor, como auxiliar na luta contra o tráfico de entorpecentes, eficaz para resgate de pessoas feridas, guia de cegos, além de ser um companheiro insuperável. É sem dúvida um cão muito inteligente. Gosta do trabalho, e aprende com muita facilidade. Um ótimo companheiro, o Pastor Alemão deve também demonstrar coragem e dureza, em defesa do dono e de seus bens. É vigilante, fiel e manso com as crianças e os outros animais. Diante de estranhos demonstra desembaraço, e segurança. O caráter é uma de suas qualidades mais importantes. Possui um sistema nervoso equilibrado, grande desenvoltura, vigilância, fidelidade, incorruptibilidade, e, além disso, coragem e engenho na defesa. É um cão de porte médio, medindo de 55 cm. a 65 cm., na altura da cernelha, estrutura levemente alongada, robusta e musculosa, estrutura sólida, porém ossatura fina. Sua pelagem é dura, de cobertura espessa os pêlos são retos, duros e muito aderentes, insensíveis à intempérie. Para analisar a fundo a origem do Pastor Alemão verificando os apontamentos do fundador do clube temos que partir em primeiro lugar do seguinte ponto de vista: O valor histórico ideal dos animais para cria consistem em que estes pertenciam já ha séculos ao território em que estavam sendo criados. Certamente estes animais destinados para a criação haviam desenvolvido subcastas regionais durante sua larga existência na região. Max von Stephanitz cruzou animais que eram oriundos daquelas regiões conseguindo uma mescla heterogênea destas espécies, sendo o resultado um Pastor Alemão bem adaptado as funções para as quais se destinava. Max von Stephanitz dedicou-se ao seu próprio ideal, ele queria um cão que servisse ao homem em múltiplas utilidades. Trabalhou neste sentido e definiu as normas para o standard da raça, onde só existem variações de cor e tipo de pelo. O cão pastor alemão foi classificado como cão de utilidade em 22 de abril de 1899 com a fundação do clube, onde o Capitão de cavalaria Max von Stephanitz foi o primeiro presidente, e após um ano dedicou-se energicamente na direção do jovem clube. Foi então que Max von Stephanitz apresentou um novo conceito para a cinologia, o qual se baseava em um cão utilitário. Nascia então aquele que se converteu no cão mais preferido mundialmente. Por seu grande êxito pode-se destacar Max von Stephanitz como um dos principais personagens da história da cinologia. Com seu lema “Utilidade é o único critério de beleza” Max von Stephanitz criou com poucas palavras uma fórmula válida para sempre. Em resumo a história do cão Pastor Alemão é muito versátil, a raça teve uma evolução contínua graças aos conceitos já mencionados. Isto foi como conseqüência da genial idéia do capitão de cavalaria com seus programas de criação e esplêndido material de ponto de partida para a criação. O clube com seu tamanho e estrutura atual é o clube cinólogo maior que existe para uma só raça. O clube hoje chamado de União Mundial de Pastores Alemães (WUSV) completou 100 anos em 22 de abril de 1999 e tem sede na Alemanha.es caminhadas e à intempérie.

O Pastor Alemão é o mais conhecido cão pastor. É utilizado hoje em dia, principalmente como guarda e  protetor, como auxiliar na luta contra o tráfico de entorpecentes, eficaz para resgate de pessoas feridas, guia de cegos, além de ser um companheiro insuperável.

É sem dúvida um cão muito inteligente. Gosta do trabalho, e aprende com muita facilidade. Um ótimo companheiro, o Pastor Alemão deve também demonstrar coragem e dureza, em defesa do dono e de seus bens.

É vigilante, fiel e manso com as crianças e os outros animais. Diante de estranhos demonstra desembaraço, e segurança.

O caráter é uma de suas qualidades mais importantes. Possui um sistema nervoso equilibrado, grande desenvoltura, vigilância, fidelidade, incorruptibilidade, e, além disso, coragem e engenho na defesa. É um cão de porte médio, medindo de 55 cm. a 65 cm., na altura da cernelha, estrutura levemente alongada, robusta e musculosa, estrutura sólida, porém ossatura fina. Sua pelagem é dura, de cobertura espessa os pêlos são retos, duros e muito aderentes, insensíveis à intempérie.

Para analisar a fundo a origem do Pastor Alemão verificando os apontamentos do fundador do clube temos que partir em primeiro lugar do seguinte ponto de vista: O valor histórico ideal dos animais para cria consistem em que estes pertenciam já ha séculos ao território em que estavam sendo criados. Certamente estes animais destinados para a criação haviam desenvolvido subcastas regionais durante sua larga existência na região. Max von Stephanitz cruzou animais que eram oriundos daquelas regiões conseguindo uma mescla heterogênea destas espécies, sendo o resultado um Pastor Alemão bem adaptado as funções para as quais se destinava. Max von Stephanitz dedicou-se ao seu próprio ideal, ele queria um cão que servisse ao homem em múltiplas utilidades. Trabalhou neste sentido e definiu as normas para o standard da raça, onde só existem variações de cor e tipo de pelo. O cão pastor alemão foi classificado como cão de utilidade em 22 de abril de 1899 com a fundação do clube, onde o Capitão de cavalaria Max von Stephanitz foi o primeiro presidente, e após um ano dedicou-se energicamente na direção do jovem clube. Foi então que Max von Stephanitz apresentou um novo conceito para a cinologia, o qual se baseava em um cão utilitário. Nascia então aquele que se converteu no cão mais preferido mundialmente. Por seu grande êxito pode-se destacar Max von Stephanitz como um dos principais personagens da história da cinologia. Com seu lema “Utilidade é o único critério de beleza” Max von Stephanitz criou com poucas palavras uma fórmula válida para sempre.

Em resumo a história do cão Pastor Alemão é muito versátil, a raça teve uma evolução contínua graças aos conceitos já mencionados. Isto foi como conseqüência da genial idéia do capitão de cavalaria com seus programas de criação e esplêndido material de ponto de partida para a criação. O clube com seu tamanho e estrutura atual é o clube cinólogo maior que existe para uma só raça. O clube hoje chamado de União Mundial de Pastores Alemães (WUSV) completou 100 anos em 22 de abril de 1999 e tem sede na Alemanha.

Origem do Pastor Alemão

Todos os Direitos Reservados - Canil Monte Kairos - 2017

Desenvolvido por: